24/10/2016

Diário de viagem #1: Cidade do México

Eu sempre achei que dizer que amo viajar era uma redundância desnecessária. Quem, em sã consciência, não é apaixonado por viajar? O que eu me dá informação valiosa sobre alguém é que tipo de viagem ela gosta. Para pra pensar: quais lugares você visita ou gostaria de visitar? Qual é o ritmo das suas viagens? Como você prefere gastar seu tempo quando tá viajando? O meu estilo de viagem é exatamente dessa que eu acabei de fazer: muita história, lugar bonito, comida deliciosa e conversa com os locais. Assim foram os meus 5 dias na cidade do México que eu dividi em 4 partes pra compartilhar aqui. Vem dividir comigo o caso sério de wanderlust que eu tive só em editar essas fotos.

mexico-01

A cidade do México é um poço de cultura, há uma história para tudo que você vê por lá, mas não é exatamente uma cidade bonita logo de cara. Pensa em uma São Paulo à primeira vista. O meu namorado nasceu e viver lá por 15 anos, então eu tive a sorte de ter um insider me mostrando a cidade. Mas não se desanima não que o lugar é incrível.

mexico-02

As pirâmides e ruínas das civilizações pré colonização espanhola estão espalhadas pelo país todo. A 1 hora e 30 min da cidade do México fica uma das cidades mais importantes (embora não a maior), Teotihuacan. Até hoje, ninguém sabe quem construiu ela, mas muita gente passou por lá e usou como centro religioso, os últimos foram os astecas. Além de lindo, é altamente misterioso (como, gente, construíram isso há mais de 2500 anos?). O lugar também tem uma energia super forte, sem dúvida um dos meus momentos favoritos da viagem.

mexico-03 mexico-04

mexico-05

Pra fazer o meu queixo cair ainda mais, descobri que todas as pirâmides eram cobertas de pintura e simbolismo. Não bastasse carregar todas aquelas pedras pirâmide acima (que eu perdi o fôlego pra subir carregando uma câmera, diga se de passagem), os astecas eram extremamente desenvolvidos na arte, arquitetura e astrologia.

mexico-07

Sem tempo pra jetlag no México

mexico-06

O almoço do primeiro dia já foi full on mexican: quesadillas, mole, sopes com guacamole e…grilos fritos. O que eu realmente não esperava é que o gosto dos grilos fosse ser tão forte, tipo um defumado, sabe? Foram só 2 mordidas e uma foto, tá bom vai.

mexico-08

O dia 2 começou com café da manhã no mercado – e uma Paula bem feliz. Quesadilla com tortilla fresquinha e queijos deliciosos, sem falar em assistir a preparação de camarote. Quero fazer uma amizade sincera com os mercados mexicanos.
mexico-09

À direita, as tortillas sendo feitas são de milho azul, alguém sabia que isso existia? Eu não. Aliás, a viagem foi toda de descobertas novas, até passo a passo de como comer tacos – de maneira autêntica – eu recebi. Um desafio maior do que parece pra brasileira que come até pizza com garfo e faca.

mexico-tacos101

A viagem para o México não poderia ter começado de maneira melhor. Visitei lugar histórico – e lindo – comi muito bem e vi artesanato que sempre viveu nos meus sonhos e Pinterest. Claro que precisei voltar no mercado por que a minha primeira reação foi ficar super maravilhada com tudo e consequente perda total de foco – não consegui comprar nada. Mas isso vai ser remediado, conto nos próximos posts, fica por aqui pra ver!

 

||||| 12 Gostou? |||||

Vem que tem mais coisa boa

1 Comentário

  • Reply denise 25/10/2016 às 10:23 am

    Sem sombra de dúvidas, quem ler essa matéria já compra passagem para o México. Tudo muito bem retratado.