Estudo de valores: retrato Miriam

Estudo de valores: retrato Miriam

Às vezes fazer algo por outra pessoa é a maior motivação para simplesmente fazer. É fácil me perder nos pensamentos e cobranças de levar minha arte muito a sério. Mas, pensa bem, quem realmente se importa se os valores da minha pintura estão todos impecáveis? Talvez algum futuro cliente, verdade, mas certamente não a Miriam.
Miriam é a amiga pra quem eu pintei esse retrato. Fica a dica pra quem precisa praticar: amigos adoram ser objeto de estudo (de arte), é também uma prática legal buscar interessância nas pessoas do seu cotidiano.
Nessa pintura, ao invés de brigar com o constante “ainda falta muito pra acabar!”, eu resolvi dar detalhes à parte realmente importantes – a expressão linda dela – e deixar o resto bem com carinha de rascunho. Eu também quis fazer a minha leitura da personalidade da Miriam na cartela de cor – meiga e incomum.

O processo desse estudo de valores é algo que eu aprendi na aula de pintura a óleo. Apesar de ser possível aplicar em qualquer técnica, a tinta à óleo é ótima de se praticar por que é tão opaca, demora pra secar e permite você fazer tanta coisa – inclusive estudar – na tela. Mas, é também uma bagunça e definitivamente não prática. O Procreate e o iPad Pro tão se provando uma duplinha bem dinâmica, como é bom ter acesso a qualquer cor e medium – quase, eu sei – em qualquer lugar, ein?

||||| 1 Gostou? |||||

Você também vai gostar

Deixar comentário

Deixar comentário Your email address will not be published