Em busca da guache perfeita

Em busca da guache perfeita

Aquarela é incrível, versátil e anda bombando nos últimos anos… mas, cá pra nós, cês já pintaram com gouache?! Esse post é pra contar meu processo de conversão, meu processo de “qual gouache comprar?” e que marca estou usando e amando ultimamente.

Eu me converti real oficial nesse último ano. Uma das principais razões foi o curso de cor e luz que eu fiz, aonde experimentei pintura à óleo pela primeira vez. Enquanto eu apanhava muito da técnica nova, perguntei ao professor por que aquela aula era feita em óleo. A explicação dele foi a seguinte: o óleo permite muito mais alterações – já que demora a secar. Além disso, é um medium que você precisa tomar decisões claras. Ao contrário de poder ir construindo as cores como na aquela.

Fiquei maravilhada com essa resposta. Com isso em mente, percebi que a gouache seria a minha nova melhor amiga. É muito mais prática de usar do que óleo e mais fácil de conseguir os valores do que na aquarela.

Acredito que sempre tem que uma quantidade ideal de técnica para se estudar de cada vez. O suficiente para que você não se sinta perdida sem conseguir avançar dos seus erros. Porém não tanta que engesse e transforme o seu processo em uma fórmula. Então a minha busca por uma gouache boa foi dividida assim. Parte conversando com amigos da área, que tem mais experiência que eu, e parte indo na loja na véspera do natal e escolhendo a caixinha mais linda dentro do meu budget. #iregretnothing

A gouache  (ou guache) da Winstor & Newton é exatamente o que eu buscava: cores pigmentadas, textura aveludada e tubinho de plástico prático de usar. Fico tão feliz sempre que pinto com ela! Vem ver alguns dos meus testes e minhas impressões.

Testando e amando

Quando eu estava em busca da guache perfeita querendo testar todas as marcas que eu achava, meu namorado, sabiamente, me disse: não adianta nada fazer o círculo cromático com uma tinta e esperar saber se você gosta dela ou não, você tem que sair pra pintar algumas vezes e ver como você se sente. É verdade, eu comprei o estojo de guache da Winstor & Newton como presente de natal pra mim mesma (por que né) mais por recomendação de amigos. Só passei a amar ela mesmo depois de pintar muito. E ainda assim, estou ansiosa pra experimentar a Holbein, Maimeri e Utrecht!

Eu sou o Skippy. Eu sou o Blacky. E nós aprovamos esse post.

 

Eu sei que essa marca não é tão acessível no Brasil, mas há por muito tempo trabalhei com a da Talens e Pentel também feliz da vida. E vocês? Tem alguma marca preferida? Ou uma vontade de experimentar guache que ainda não explorou? Me conta nos comentários!

 

||||| 4 Gostou? |||||

Você também vai gostar

1 Comment

  • Victoria
    2 meses ago

    Menina, amei as dicas e o blog. Vou continuar lendo! Parabéns e obrigada pelo conteúdo ❤

Deixar comentário

Deixar comentário Your email address will not be published